Vida

Quando fazer um ultra-som de foliculometria, como é feito e como se preparar para o estudo para determinar a ovulação?

Pin
Send
Share
Send
Send


A foliculometria é um dos métodos para determinar o dia da ovulação, ou seja, a monitorização ultrassonográfica do processo de maturação folicular desde o início do ciclo menstrual.

O método foliculométrico é utilizado no diagnóstico da infertilidade feminina, em mulheres com ciclo menstrual irregular, bem como no programa de preparação para a fertilização extracorpórea (FIV).

As principais indicações são:

  • detecção de distúrbios dos ovários, foliculogênese ou ciclo menstrual,
  • avaliação da prontidão endometrial para fixação de ovo fertilizado,
  • especificando a época da ovulação ao planejar uma gravidez futura,
  • determinação da viabilidade dos ovos após a fertilização,
  • avaliação da probabilidade de gravidez múltipla,
  • controle da foliculometria realizada previamente em FIV,
  • monitorando o fundo hormonal geral de uma mulher
  • monitorar a eficácia do tratamento.

Como a foliculometria é realizada com ultra-som, os resultados podem ser usados ​​para determinar a presença ou ausência de outros problemas femininos.

  • doenças dos órgãos pélvicos (cistos, miomas, pólipos, etc.),
  • ocorrendo mudanças no endométrio por dias do ciclo e a identificação de possíveis desvios da norma.
  • A foliculometria também permite avaliar o estado geral do sistema reprodutivo feminino.

Preparação

Está em conformidade com uma dieta especial que visa reduzir a formação de gases no intestino. Excesso de gás pode afetar o conteúdo da informação do estudo, portanto, 2-3 dias antes do procedimento, você deve evitar comer leguminosas, pão preto, legumes frescos, laticínios, etc.

Na véspera do exame, é possível realizar uma limpeza adicional do intestino com a ajuda de micro-organismos ou tomando laxantes.

Metodologia

A foliculometria é realizada principalmente no 8º dia do ciclo menstrual ou imediatamente após a menstruação. Com um ciclo irregular, a pesquisa começa um pouco antes. Em seguida, o procedimento é repetido a cada 1-3 dias até o momento esperado da ovulação (o ginecologista determina a programação exata do diagnóstico). Se a ovulação (maturação folicular) não ocorre, então o exame continua até o início do sangramento menstrual. Às vezes, para obter os resultados mais confiáveis, é necessário realizar a foliculometria por 2-3 meses.

O procedimento é realizado por ultrassonografia e não é diferente da ultrassonografia transabdominal e transvaginal padrão. A paciente está deitada de costas, o sonologista espalha a superfície da pele do abdome da mulher com um gel especial e inicia um exame com um sensor externo. Uma sonda vaginal é usada para examinar os ovários. A duração do procedimento é de apenas alguns minutos. Após o estudo, a mulher obtém o resultado em seus braços e pode ir para casa.

Variantes dos resultados da foliculometria

1. É normal que uma mulher tenha a presença simultânea de vários sinais ecográficos no exame ultra-sonográfico da foliculometria:

  • desenvolvimento do folículo dominante,
  • a presença de um corpo lúteo no ovário,
  • aparecimento de fluido livre na pelve após a ovulação e o desaparecimento do folículo.
  • um alto nível de progesterona é registrado por um exame de sangue.

2. Em alguns casos, pode haver atresia folicular:

  • uma parada no desenvolvimento do folículo e sua regressão (ele não desaparece em qualquer lugar, apenas diminui de tamanho),
  • falta de corpo lúteo,
  • falta de fluido livre na área pélvica.
  • os níveis de progesterona são baixos.

3. Persistência - às vezes o folículo dominante (maior) se desenvolve até o tamanho desejado, mas continua a permanecer nesse estado até o final do ciclo e até mesmo no final do sangramento menstrual, já que sua ruptura natural não ocorre. O crescimento do folículo continua - um cisto folicular é formado (seu tamanho pode exceder 2,5 cm). Neste caso, o monitoramento constante é muito importante, porque em exames únicos os médicos freqüentemente confundem o cisto folicular com o folículo dominante.

4. A completa ausência da dinâmica do desenvolvimento dos folículos durante todo o ciclo menstrual e o nível constantemente baixo de progesterona no sangue. Isto sugere que uma mulher tem sérios problemas com a função reprodutiva (reprodutiva).

Onde fazer a foliculometria

O processo de formação do folículo ainda pode ser rastreado, mas é bastante difícil detectar o folículo dominante do tamanho ovulatório. Portanto, se houver necessidade de se submeter à foliculometria, isso deve ser feito em uma clínica ginecológica especializada, com um especialista altamente qualificado e experiente. Caso contrário, um resultado incorretamente decodificado do estudo pode causar um diagnóstico incorreto.

O que ajuda a foliculometria a aprender?

Também durante a pesquisa, o crescimento do endométrio é monitorado, ou seja, eles dão uma idéia de sua condição e adesão a certos períodos do ciclo menstrual.

A foliculometria ajuda a observar o processo de foliculogênese

A técnica também ajuda a monitorar o funcionamento dos ovários, quando a ovulação é estimulada, a fertilização in vitro é realizada e assim por diante.

Qual é a complexidade do método?

A desvantagem mais significativa é a necessidade de realizar pesquisas a cada três ou quatro dias, ou com maior frequência. Então, muitas vezes passam por procedimentos de ultra-som para muitos pacientes é difícil. Isso requer tempo e custos financeiros.

Mas todas essas dificuldades são superáveis ​​e, então, parecem insignificantes se o objetivo for atingido, e a mulher tiver um bebê há muito esperado.

Como está a pesquisa?

A máquina de ultra-som ajuda o médico a monitorar o funcionamento dos órgãos reprodutivos durante um dos ciclos das mulheres.

Cada ultra-som tem suas próprias tarefas e é realizado em determinados dias.

Primeiro procedimento passa quando a menstruação acabou de terminar. Durante este período, 2-3 folículos são encontrados em um dos ovários. Seu diâmetro é de 5-6 a 8-9 milímetros. A espessura do endométrio é de 2-3 milímetros, é homogêneo na estrutura, não tem inclusões.

Segunda vez no ultra-som você precisa vir no período do 10º ao 11º dia do ciclo. Desta vez, o folículo dominante é geralmente detectado. Ele está à frente no desenvolvimento de todos os outros, atingindo 10 milímetros de diâmetro. Além disso, aumentará em 2-4 milímetros por dia. Neste momento, a fase de proliferação ocorre no endométrio - reprodução ativa das células da camada basal. No final desta fase, o endométrio engrossa até 4-5 milímetros, e o tamanho do folículo dominante já atinge 15 ou mais milímetros. Se um folículo dominante não puder ser detectado nesse estágio do exame, os exames de ultrassonografia podem ser realizados nesse ciclo menstrual. Talvez o paciente precise de estimulação da ovulação.

A máquina de ultra-som ajuda o médico a monitorar

Terceira pesquisa Uma mulher deve passar no dia 12-13 do ciclo. Neste momento, o folículo dominante mostra sinais de aproximação da ovulação. Seu diâmetro já é 22-23 milímetros. O endométrio já deve ter uma espessura de 8-12 milímetros e uma estrutura claramente rastreável de três camadas. Se isso não for observado, o útero não estará pronto para aceitar o óvulo fertilizado, e é improvável que a gravidez venha. Se todos os sinais do início da ovulação estiverem presentes, o monitoramento continua em um dia.

Quarto ultrassom deve detectar a ovulação. Se isso ocorre, o folículo dominante desaparece, um corpo com contornos irregulares aparece em seu lugar, um líquido liberado é observado. Se isso não acontecer, a ecografia é repetida diariamente até que aconteça, ou até o sangramento começar.

Quinto ultra-som pode ser feito nesse caso, se as taxas de ovulação puderem ser encontradas no 15-17 dia do ciclo. No lugar do antigo folículo dominante, um corpo amarelo é formado, tendo uma forma em forma de estrela. O endométrio deixa de ter três camadas, mas a sua espessura neste ponto não é inferior a 13 milímetros.

Na sexta pesquisa precisa vir no 21-23 dia do ciclo menstrual. É neste momento que o óvulo fertilizado é introduzido no útero. Durante esse período, é necessário monitorar o estado do endométrio (sua espessura não muda e a estrutura se torna homogênea) e o corpo amarelo (pode crescer).

Foto do folículo em maturação no ultrassom

Avaliação dos resultados

De acordo com os dados de monitoramento, estima-se se os ovários funcionam bem. Infelizmente, a resposta a essa pergunta às vezes acaba sendo negativa. Em alguns casos, o tratamento é necessário. Mais detalhes sobre várias opções.

  1. Situação normal. Neste caso, nenhuma estimulação é necessária, a foliculogênese ocorre sem falhas. No ultra-som, parece que: o folículo dominante aparece e cresce, e então desaparece, e um corpo amarelo aparece em seu lugar. Neste momento, o fluido livre é encontrado na cavidade abdominal atrás do útero.
  2. Atresia do folículo dominante. Primeiro, ele se desenvolve como esperado e, de repente, começa a diminuir. Com esse distúrbio da foliculogênese, o corpo lúteo não é formado.
  3. Persistência O médico observa o crescimento do folículo, que se desenvolve até os parâmetros desejados, mas não se rompe, mas permanece até o próximo ciclo. Esse problema geralmente resolve sozinho após alguns meses. O corpo lúteo e o líquido atrás do útero não são observados.
  4. A síndrome LNP (luteinização de um folículo não cultivado) é outro problema da foliculogênese. Nesta síndrome, ela amadurece no tamanho desejado, mas não se rompe, transformando-se imediatamente em um corpo amarelo. A liberação do ovo não ocorre. O ultra-som mostra como o folículo dominante perde volume, não há fluido livre atrás do útero.

Consulta médica com base na pesquisa

Se a função do corpo lúteo estiver comprometida, o médico assistente pode aconselhar a administração de preparações de progesterona, com ciclos menstruais anovulatórios - é prescrita estimulação da ovulação. Se a monitorização revelou esterilidade endócrina, isto é, a estimulação dos ovários, mesmo durante vários períodos não trouxe o efeito desejado, então o médico irá aconselhá-lo a fazer a fertilização in vitro.

O que e como a foliculometria mede?

Este procedimento consiste em uma série de exames, que em dinâmicas nos permitem rastrear processos cíclicos regulares no corpo de uma mulher. De acordo com os resultados das observações, concluiu-se se a ovulação ocorreu no período observado (em que dia do ciclo especificamente), como a superfície interna da mucosa uterina cresceu (é chamado o endométrio).

Candidate-se a diagnosticar o equipamento (scanner, sensor) - um aparelho para a realização de ultra-som. Tudo acontece de acordo com os métodos usuais de ultra-som (US), amplamente utilizados na medicina. Esta técnica substituiu com sucesso as formas antigas e muito aproximadas de determinar a data da ovulação em ginecologia.

Quem pode este procedimento ajudar?

A foliculometria deve ser feita se:

  • Uma mulher pratica sexo regular sem usar contraceptivos, mas a gravidez não ocorre dentro de um ano.
  • Identificou desvios na região hormonal (alterações no desenvolvimento e funcionamento dos ovários, anovulação, etc.).
  • Existem indicações para estimular a maturação do ovo.
  • Um casal quer aumentar a probabilidade de um filho de um certo gênero (ou gêmeos). Estabelece-se que com a intimidade na ovulação, as chances de dar à luz um menino são maiores.
  • É necessário determinar o momento ideal para a concepção.
  • O procedimento de fertilização in vitro é planejado.

A técnica é aplicada imediatamente após a fertilização in vitro para controlar o processo de fixação de um óvulo fertilizado dentro do útero. A interpretação dos resultados é realizada pelo médico de diagnóstico ultra-sonográfico e ginecologista.

As desvantagens da técnica

Para obter conclusões precisas e de alta qualidade, é necessário realizar um exame a cada 3-4 dias durante todo o ciclo menstrual. Para muitos, isso parece entediante e caro, mas essa regra dá uma precisão muito alta dos resultados. As mulheres pacientes sempre atingem o objetivo - o nascimento de uma criança saudável.

Ações Preparatórias

O procedimento de foliculometria não requer treinamento especial. Durante todo o tempo da pesquisa, produtos que estimulam a formação excessiva de gás no intestino são excluídos da dieta do paciente (isso impede que as pessoas vejam os folículos): feijão, todos os tipos de repolho, pão de centeio, bebidas alcoólicas e carbonatadas. Não é recomendado tomar álcool.

No dia do exame, você deve verificar com o médico como o exame é realizado. Existem dois métodos:

  • Transabdominal (digitalizar através da parede abdominal). O paciente estabelece-se em um sofá, tendo aberto para uma pesquisa um estômago (de um peito à área inguinal). O scanner se move pelo corpo de cima para baixo. Antes do teste, um litro de qualquer água sem gás é bebido. Órgãos internos no fundo de uma bexiga enchida são vistos mais claramente.
  • Sensor vaginal. Este é um método mais preciso e informativo. Por seu sucesso, libertar a bexiga e os intestinos de maneira natural ou forçada (drogas, enema).

Datas

Quando fazer foliculometria, o médico assistente dirá. Isso é influenciado pelas metas e objetivos que o ginecologista define antes do procedimento. Um exemplo de protocolo de estudo é o seguinte:

  1. A primeira pesquisa precisa ser feita após o término de um sangramento menstrual. Durante este período, vários folículos com um diâmetro de pelo menos 5-6 mm podem ser encontrados no útero de uma mulher (o maior pode ser de até 10 mm). Os folículos são bem visualizados durante o exame transvaginal. A espessura da camada endometrial no útero é de 3 mm (é homogênea em estrutura, sem inclusões estrangeiras).
  2. O segundo procedimento terá lugar no 10º ou 11º dia do ciclo. Neste momento, o folículo dominante é claramente visível. É o maior (até 10 mm), crescendo e aumentando ativamente em tamanho por 3-4 mm diariamente. Na mucosa interna do útero, as células da camada basal proliferam simultaneamente. No final do processo, a espessura da camada endometrial deve ser de cerca de 5 mm, e o tamanho do folículo dominante aumentará para 15 mm. Se o médico não observar tais processos, o estudo será concluído. Uma mulher recebe tratamento prescrito para estimular o processo de ovulação em seu corpo.
  3. O terceiro exame de ultrassonografia é realizado por 12 a 13 dias. O folículo dominante já apresenta todos os sinais de maturação próxima (quase 25 mm de diâmetro). A camada da membrana mucosa do corpo do útero engrossa a 10-12 mm (a sua estrutura de três camadas é claramente visível). Se por qualquer razão a camada funcional não engrossar, o médico conclui que o sistema reprodutivo não está funcionando bem. O útero neste estado não está pronto para aceitar um óvulo fertilizado. A probabilidade de gravidez é zero. O procedimento a seguir é prescrito somente durante o curso normal do ciclo menstrual.
  4. O quarto ultrassom observa o processo de ovulação. Ou seja, uma metamorfose (transformação) do folículo dominante ocorre em uma “formação” com contornos irregulares e a liberação de fluido. O processo de exame é repetido até que o ginecologista perceba isso claramente ou a descarga de sangue comece.
  5. A quinta inspeção é feita se a ovulação aparecer no 15º dia 17 do ciclo. Agora, uma formação de células em forma de estrela (corpo amarelo) é bem definida, e a camada de células na parede do útero engrossa até 13 mm.
  6. O último exame é realizado nos dias 21 a 23. Se a situação estiver dentro do intervalo normal, e a fertilização tiver ocorrido, neste momento o embrião deve penetrar na parede uterina e começar a se implantar. O corpo lúteo ainda está crescendo e as células endometriais adquirem uma estrutura homogênea.

Análise da informação coletada

Um processo tão longo e minucioso de estudar o ciclo menstrual do paciente, além de testes laboratoriais adicionais (determinar o nível de sexo e muitos outros hormônios) dá ao médico a oportunidade de avaliar exaustivamente o trabalho do sistema reprodutivo da mulher e prescrever um tratamento eficaz (se necessário).

As opções de diagnóstico são as seguintes:

  1. Ovulação é normal. Isso significa que os folículos normalmente aparecem e passam por todos os estágios até a maturidade completa (foliculogênese). A mulher é saudável e a concepção pode ocorrer no ciclo menstrual próximo.
  2. Persistência - significa que o folículo está adequadamente formado e cresceu bastante, mas não quebrou no momento certo, mas “permaneceu” até o próximo ciclo. Esse processo afeta a quantidade de hormônios no sangue: estrogênio alto, progesterona baixa. O tratamento neste caso não é realizado. Geralmente no próximo ciclo o folículo passa por uma cadeia de suas transformações e é diferenciado até o final.
  3. Com atresia do folículo dominante, esta formação celular repentinamente deixa de se desenvolver e crescer. O folículo diminui acentuadamente de tamanho e depois desaparece, o corpo amarelo não se forma. É neste caso que a ovulação é estimulada.
  4. Luteinização significa que o folículo, tendo perdido o estágio da ovulação e não liberando um óvulo maduro, imediatamente se transformou em um corpo amarelo.
  5. Полное отсутствие фолликулов (говорит об очень серьезных нарушениях в репродуктивной системе гормонального или врожденного плана).
  6. Фолликулярная киста — это явление, когда доминантный фолликул не прошел процедуру овуляции и продолжает бесконтрольно расти. Apenas a foliculometria por ultra-som, devido ao seu monitoramento, pode distingui-la de saudável.

Revisões do Paciente

Eles dizem que a pesquisa é benéfica e ajuda as mulheres que já perderam a esperança de engravidar.

Repetidas visitas ao centro médico durante todo o ciclo menstrual, apesar de sua saúde e humor, desencorajam muitos. Um grande número de procedimentos (fator material) e sua passagem frequente (momento psicológico) é a única desvantagem da foliculometria ultra-sônica. Não implica preparação especial e difícil, é simples e seguro em todos os dias da menstruação.

Para um médico experiente e atencioso, os resultados da foliculometria por ultra-som informam como funcionam os ovários e o útero em uma determinada mulher, se ocorre a maturação e em que condição a mucosa interna do órgão reprodutivo (endométrio) chega a cada fase do ciclo.

A essência da foliculometria e indicações para o procedimento

Hoje, esse método é um dos mais precisos para determinar a fase ovulatória e aumentar as chances de gravidez. Calcular os dias da ovulação é muito importante para as mulheres que não conseguem engravidar durante muito tempo ou que têm um ciclo menstrual irregular. A foliculometria é usada principalmente em centros de planejamento familiar, mas também é usada para diagnosticar várias patologias. O estudo é prescrito para tais indicações:

  • distúrbios hormonais,
  • a presença de doenças ginecológicas que não permitem engravidar,
  • Anovulação
  • a necessidade de avaliar o ciclo menstrual,
  • ausência durante o ano da gravidez com sexo regular,
  • redução do volume de descarga durante a menstruação,
  • ciclo menstrual longo (40 dias ou mais)
  • infertilidade de etiologia desconhecida,
  • a necessidade de avaliar a função ovariana,
  • Acompanhamento da dinâmica do tratamento
  • o desejo de uma mulher de aumentar ou diminuir a probabilidade de gravidezes múltiplas.

Este método de diagnóstico permite influenciar o sexo da criança: acredita-se que a relação sexual no dia da ovulação aumenta as chances de conceber um menino, e alguns dias antes dela - uma menina. A foliculometria é freqüentemente usada para estimular a ovulação quando uma mulher está preparada para fertilização in vitro.

Em qual dia do ciclo é realizado um exame de ultrassonografia?

Para avaliar com segurança o estado dos órgãos genitais e determinar o momento favorável para a fertilização do óvulo, os diagnósticos devem ser iniciados no tempo. Em que dia o médico prescreverá foliculometria, depende do ciclo mensal. Se estiver perto do ideal para uma mulher, ou seja, é de 28 dias, o primeiro ultra-som é feito 8 a 10 dias após o início da menstruação.

Um protocolo de estudo aproximado com um ciclo de 28 dias é assim:

Para um ciclo mais curto ou mais longo, a data do estudo é calculada individualmente. Para começar, a data estimada da liberação do óvulo na tuba uterina é determinada, para isso, a duração de sua segunda fase, que é de 13 a 14 dias, deve ser calculada a partir do número de dias de ciclo. Por exemplo, o ciclo dura 33 dias: 33 - 14 = 19 (data estimada da ovulação). A primeira vez que você precisa ir ao procedimento é de 5-6 dias antes da ovulação: 19 - 6 = 13, isto é, o diagnóstico está programado para o 13º dia do ciclo.

São necessárias 4-6 visitas ao médico para rastrear os ovários. Os estudos são realizados a cada 2 ou 3 dias ou diariamente. A principal tarefa da pesquisa é fixar o dia da ovulação. Se isso não acontecer, o diagnóstico é continuado até o início do próximo período menstrual.

Como é feita a foliculometria?

O ultra-som é realizado como de costume, não causa desconforto e não dura muito tempo. A foliculometria é feita de duas maneiras:

  • Transabdominal, isto é, com o uso de um scanner para ultra-som, que é habitual para todos, o diagnóstico é realizado através da parede abdominal. A paciente está deitada de costas, expondo o abdômen do umbigo ao púbis. Um gel especial é aplicado na pele para melhorar o contato e a boa visualização. O especialista realiza um scanner no estômago, o computador processa os sinais ultrassônicos, exibe a imagem no monitor e produz o resultado.
  • Transvaginal - usando um sensor vaginal. O paciente é colocado no sofá sem calcinha, flexiona as pernas nos joelhos e as separa. Um preservativo é colocado em um scanner estendido e depois inserido na vagina. O scanner está localizado perto dos ovários e do útero. Visualização e cálculos são feitos de forma semelhante.

Após o término do procedimento, o especialista dá à mulher os resultados impressos do exame, e a conclusão é feita pelo médico assistente. Hoje em dia, a foliculometria é frequentemente usada em ginecologia - é uma maneira precisa e fácil de determinar a data da ovulação.

Como se preparar para a pesquisa?

A preparação para o procedimento não é necessária, mas durante todo o exame a mulher terá que abandonar o uso de certos produtos: repolho, feijão, leite, pão preto, bebidas carbonatadas, etc., pois aumentam a formação de gás nos intestinos, o que impede a visualização dos folículos. Recomenda-se também excluir o álcool.

É melhor gastar a foliculometria pela manhã, 1-2 horas após o café da manhã. Às vezes, os especialistas prescrevem um laxante que o paciente deve tomar de manhã. Você precisa levar um litro de água para o centro de diagnóstico, bebendo-o gradualmente 40 minutos antes do ultrassom, para que a bexiga fique cheia. Se o diagnóstico é realizado de forma transvaginal, a mulher deve urinar e lavar antes do procedimento.

Às vezes, para a precisão da pesquisa, o médico recomenda fazer um teste de duas maneiras. Neste caso, a paciente bebe água para encher a bexiga, faz um ultrassom, após o que ela urina e o especialista realiza um reexame dos genitais.

O que vai mostrar o resultado do estudo?

Às vezes, a foliculometria não pode ser o único estudo para o diagnóstico - em paralelo é realizado para verificar o nível de hormônios sexuais e glândula tireóide. Durante a ovulação normal, o ultra-som mostra a seguinte imagem:

  • 1–2 folículos dominantes 15–25 mm de diâmetro são formados antes do óvulo ser liberado,
  • o folículo explode,
  • sinais de um corpo amarelo e algum fluido livre por trás do útero aparecem.

No entanto, ao decifrar os resultados, o especialista pode indicar outro diagnóstico, no qual a concepção é impossível ou improvável. Os achados diagnósticos mais comuns são:

Como é feita a foliculometria?

A foliculometria é um procedimento bastante complicado. Para conduzi-lo adequadamente, o médico exige não apenas conhecimento, mas também muita experiência.

Durante o ultra-som, o médico irá monitorar o paciente para esses sinais de ovulação:

  1. há um desenvolvimento de um folículo dominante,
  2. o corpo lúteo está presente no ovário,
  3. se a ovulação se for, o folículo desaparece e o líquido se forma na pequena pélvis.

Não há necessidade de se preparar especialmente para a foliculometria. Ultra-som feito de manhã com o estômago vazio.

O dia do exame será determinado pelo médico, na maioria das vezes é de 7 a 10 dias a partir do início do ciclo menstrual. No primeiro exame, o médico examinará os ovários, o útero e as trompas de falópio.

Esta inspeção é realizada para eliminar a aparência de patologias. Às vezes, um exame completo será necessário durante a passagem de cada procedimento.

Os seguintes ultra-sons são realizados em determinados dias até que o folículo dominante atinja o tamanho desejado, após o qual desaparecerá, formando um corpo amarelo.

Para as meninas que ainda não entraram em relações sexuais, o exame é realizado transabdominal. Antes do procedimento, o paciente precisa beber água.

A quantidade de água individualmente - a bexiga deve estar cheia. Então os órgãos pélvicos serão vistos muito mais claros.

Às vezes uma mulher pode receber foliculometria, que é realizada transvaginalmente. Tal pesquisa é mais informativa do que um exame através da parede abdominal.

Antes do procedimento, é necessário limpar os intestinos. Para fazer isso, você pode fazer um enema ou tomar medicamentos.

É aconselhável seguir uma dieta - não incluir legumes, repolho, algumas frutas na dieta.

Durante o ultra-som, você pode monitorar o desenvolvimento do folículo na dinâmica. Encontrar o tamanho ovulatório do folículo pode ser difícil.

Pode acontecer que ele pare em seu desenvolvimento ou o corpo amarelo apareça muito cedo, enquanto o óvulo não funcionará. Tais fenômenos afetarão a ovulação, a fertilização não funcionará.

Por esse motivo, é necessário escolher um médico com ampla experiência em foliculometria. Caso contrário, existe o risco de obter um diagnóstico errado e um tratamento ineficaz.

Quando o procedimento é atribuído?

A foliculometria permite ao médico determinar o estado de todos os genitais de uma mulher.

Durante o procedimento, um ciclo completo de monitoramento do desenvolvimento dos folículos é realizado, e a ovulação também é monitorada.

Este exame ajudará a identificar as causas da menstruação irregular, bem como diagnosticar distúrbios endometriais.

O ultra-som pode ser prescrito por um médico em tais casos:

  • para avaliar a função ovariana, para confirmar sua função normal,
  • Ao planejar um bebê, o dia da ovulação é estabelecido,
  • se os pais estão planejando o sexo do bebê - aproximadamente, se a ovulação for precoce, pode ocorrer a concepção de uma criança do sexo feminino,
  • para determinar o melhor dia para a concepção,
  • se o trabalho dos pais estiver ligado a longas distâncias, o procedimento ajudará a determinar o tempo para conceber um bebê saudável,
  • para controlar a concepção de gêmeos - o dia é selecionado quando é possível e quando tal concepção pode ser evitada,
  • em violação dos ovários, bem como falhas do ciclo menstrual,
  • uma mulher não tem uma concepção muito longa durante a vida sexual ativa,
  • o folículo se desenvolve normalmente, mas sua ovulação não ocorre,
  • para avaliar o fundo hormonal do paciente,
  • para avaliação do corpo lúteo, determinação da manutenção ou terapia de retenção nas primeiras semanas de gestação,
  • para controlar o tratamento.

Os resultados do procedimento

Ao realizar um ultra-som, o médico leva em conta os indicadores que indicam a natureza do procedimento.

No primeiro exame, um especialista pode detectar um ou mais folículos. Neste último caso, o folículo dominante será determinado após alguns dias.

Seu diâmetro é de cerca de 12 a 15 mm. Mas, dia após dia, aumentará e, com a ovulação, adquirirá o maior tamanho (a norma é de cerca de 25 milímetros).

Depois que o folículo maduro é quebrado, um corpo amarelo é formado. Pode ser visto no estudo de ultra-som por mais 2-3 dias. Quando a ovulação passou, o fluido livre está no espaço atrás do útero.

Depois de um ultra-som é realizado um exame de sangue que mostrará o nível de hormônios. Norma - níveis elevados de progesterona.

Durante o procedimento, às vezes é possível perceber que o folículo interrompeu seu desenvolvimento sem atingir a forma desejada. Pode diminuir de tamanho, mas além do útero, o corpo lúteo também não é detectado.

Durante este período, o nível do hormônio progesterona será baixo. Se não houver ovulação, um exame de ultrassonografia deve ser realizado até o momento da menstruação.

O folículo dominante pode atingir o tamanho desejado, mas a lacuna não acontecerá. Nesse estado, pode permanecer por um longo tempo, até o final do ciclo menstrual.

Após o término, ele pode começar a aumentar novamente - é assim que um cisto é formado. Mas, após um único exame de ultrassonografia, não se pode argumentar que seja um cisto, e não um folículo dominante.

Para um diagnóstico preciso, o monitoramento deve ser realizado por um longo período.

Ao realizar a foliculometria, o médico pode notar a falta de desenvolvimento folicular durante todo o período. No entanto, a progesterona no sangue é baixa.

Tais indicadores indicam problemas de saúde para as mulheres, possivelmente, sua função reprodutiva é prejudicada.

A foliculometria permite rastrear não apenas o desenvolvimento do folículo. No processo de monitoramento, é feita uma avaliação da funcionalidade do útero e dos ovários.

O procedimento ajuda a detectar cistos, miomas, outras doenças dos órgãos femininos. Além disso, este ultra-som oferece uma oportunidade para avaliar a correção da terapia, para analisar o efeito de drogas médicas.

Junto com este exame, o médico irá monitorar definitivamente o nível de hormônios.

Ao realizar tal monitoramento, é impossível determinar o nível de patência das trompas de Falópio, para diagnosticar inflamações, aderências, endometriose e outras doenças. Para detectá-los, você precisará fazer outros tipos de pesquisas.

Após a foliculometria, o médico organiza todos os dados e, em seguida, tira uma conclusão. Em sua base, a ordem das ações terapêuticas é determinada.

Em que dia realizar uma pesquisa?

Para monitorar os órgãos internos da mulher foi bem sucedido, é importante calcular corretamente o dia do ciclo quando você precisa iniciar a foliculometria.

Se o paciente tiver um ciclo menstrual de 28 dias, o primeiro exame é feito no 8º ao 10º dia. Nos primeiros dias, é impossível determinar o folículo dominante, já que ele está apenas começando a se desenvolver.

Mas neste momento há uma oportunidade para diagnosticar vários desvios da norma, por exemplo, um cisto.

Se o ciclo menstrual for menor que 28 dias, o primeiro ultrassom deve ser iniciado seis dias antes da data prevista para a ovulação.

A segunda fase do ciclo terá duração de 13 a 14 dias, independentemente da duração da primeira fase. Se o agendamento é difícil, o médico definitivamente ajudará.

Já no oitavo procedimento, o folículo dominante pode ser visto usando ultra-som. Terá o maior tamanho, dentro dele está o desenvolvimento do ovo.

Raramente acontece que vários folículos amadureçam. Apenas um se torna maior, todos os outros diminuirão gradualmente.

Durante a ovulação, o folículo é quebrado, o óvulo sai dele, junto com o fluido. Ela já pode ser fertilizada e o folículo neste momento tem um tamanho de cerca de 25 milímetros.

No 15º - 17º dia do ciclo no ultrassom, você pode ver o corpo lúteo. À medida que nos aproximamos do início do corpo mensal diminui.

Quando o 24º ao 27º dia do ciclo chega, o tamanho do corpo amarelo diminui, sua estrutura também muda. Pela menstruação, torna-se um corpo branco e depois de alguns dias resolve.

Acontece que o corpo amarelo não se desenvolve na direção oposta. Neste caso, um corpo amarelo cístico é formado.

Seu tamanho pode aumentar, resolve após 4-8 semanas. A formação de tal corpo cístico não é considerada uma patologia.

Ao realizar a foliculometria, a ovulação é considerada perfeita se forem observadas alterações:

  1. antes do início da ovulação, uma pesquisa mostrou a presença de um folículo maduro,
  2. o folículo desapareceu,
  3. descobriu um corpo amarelo
  4. uma certa quantidade de líquido formada atrás do útero - um indicador do processo pelo qual o folículo se rompeu, e o óvulo e o líquido entraram na cavidade abdominal,
  5. Após um exame de sangue, 7 dias após a ovulação, a progesterona mostrou um alto nível.

A foliculometria hoje é um procedimento popular que tem um preço acessível. Comentários de mulheres recomendam antes de encontrar sua passagem para encontrar um especialista experiente.

Ele lhe dirá em que dia iniciar o procedimento corretamente e poderá decifrar os dados corretamente. Só neste caso, você pode obter um resultado positivo do procedimento.

Como - maneiras

Existem dois tipos de ultra-sonografia pélvica:

  • abdominal, que é feito através da parede abdominal com uma bexiga cheia,
  • vaginal, onde um sensor especial é inserido na vagina, aqui, pelo contrário, antes do procedimento, é necessário urinar.

Qual deles escolher, você se decide, levando em consideração as possibilidades materiais. O segundo método de ultrassonografia pélvica para foliculometria é considerado mais informativo, por isso é mais caro.

Verifique com seu médico para escolher um método para ultra-sonografia pélvica para foliculometria mais eficiente.

Considere o processo de foliculometria:

  1. O ciclo menstrual começa no primeiro dia da menstruação. Neste momento, os folículos têm cerca de 2 mm de diâmetro e vários.
  2. Gradualmente, à medida que cresce, 1 ou 2 deles surgem.
  3. Com um ciclo rítmico normal de cerca de 7 dias, a foliculometria mostra uma vesícula líquida de cerca de 15 mm.
  4. Além disso, de acordo com a decisão do médico, 3-4 ultrassons são realizados com um intervalo de 1-2 dias até que a dominante atinja um grau de maturidade de 18 a 25 mm de diâmetro, ou o fato de a célula ser liberada não seja registrado.

Objetivo do estudo

Com a ultrassonografia pélvica, a foliculometria não estabelece o único propósito de monitorar o desenvolvimento do ovo.

A foliculometria também ajuda:

  • confirme a ovulação
  • calcular o dia do ciclo, quando a célula sai, indicando assim um momento favorável para a concepção,
  • prever o sexo da criança
  • prevenir ou aumentar a chance de gravidez múltipla,
  • traçar a espessura do endométrio
  • avaliar a utilidade de processos rítmicos,
  • identificar sinais de irregularidade,
  • diagnosticar algumas doenças (miomas, cisto),
  • controlar os resultados após o tratamento por estimulação hormonal.

Com um ciclo de 28 dias

Если цикл длится больше 28 дней, на какой день цикла делать фолликулометрию, определяют путем отсчета от дня следующих критических дней, отнимая от предполагаемой даты 14. Эта фиксированная величина – длительность второй фазы. Первое исследование назначают за 5-6 дней до нее.

К примеру, цикл длится 30 дней: 30-14=16, 16-5=11. Assim, no 11º ao 12º dia do ciclo, é realizada a primeira ultrassonografia pélvica, com os mesmos intervalos e na quantidade indicada pelo médico.

Com um ciclo curto

Com um ciclo menstrual curto, os dias para a foliculometria são calculados da mesma maneira. A duração da segunda metade do ciclo não muda e ainda é a mesma 14 dias, mas a primeira fase é encurtada, respectivamente, o procedimento começa mais cedo. Assim, com um período cíclico de 22 dias, realizamos cálculos semelhantes e descobrimos que o analista precisa ser feito no dia 4.

Resultados da foliculometria

Vamos ver o que pode ser determinado pelo ultra-som foliculométrico e o que o médico conclui após o procedimento.

Os resultados obtidos são capazes de mostrar ou confirmar:

  • ovulação normal, que é caracterizada pela presença de 1-2 folículos dominantes 18-25 mm, na véspera da data estimada. Após a ovulação, eles não são mais determinados, e há uma pequena quantidade de líquido livre na pelve e sinais do corpo lúteo no ovário,
  • a bolha líquida cresceu até o tamanho desejado, mas não explode e pode não mudar mesmo depois da menstruação,
  • um cisto folicular, quando a vesícula, em vez de estourar, começa a crescer, cheia de líquido,
  • o saco de ovos normal ainda está intacto, e o corpo amarelo já está crescendo em seu lugar,
  • reverter o desenvolvimento folicular, quando, tendo já atingido seu tamanho normal, de repente pára de crescer e começa a diminuir,
  • não há desenvolvimento de bolhas, elas ficam paradas, não aumentando de forma alguma.

Depois de estudar os resultados da foliculometria, o médico será capaz de tirar conclusões sobre os dias mais favoráveis ​​para a concepção e futura gravidez, ou prescrever o tratamento necessário, se algum problema for detectado em uma mulher.

Dependendo dos resultados da foliculometria, o médico assistente toma as medidas necessárias em caso de desvios. Às vezes é necessário fazer exames adicionais para finalmente solidificar a causa da falha. No futuro, de acordo com as indicações, a terapia hormonal pode ser prescrita para estimular o processo desejado.

Menos foliculometria em sua programação, que não pode ser quebrada. Isso pode criar certos inconvenientes para a mulher moderna. A multiplicidade de pesquisa também não é inteiramente agradável, e a mais dolorosa é uma questão material. O estudo requer um certo custo. Mas quando se trata do nascimento de uma criança, nenhum preço pode parar os futuros pais.

Conclusão

A foliculometria permite monitorar o crescimento e a maturação do folículo até o momento da ovulação. O procedimento tem suas próprias indicações e datas. Este evento não requer preparação especial e não cria nenhum inconveniente. Os dias necessários para a foliculometria podem ser calculados independentemente, mas é melhor deixar ao ginecologista uma decisão.

O que é foliculometria

A foliculometria é uma monitorização médica do ultrassom com a qual é possível acompanhar mudanças dinâmicas no crescimento e maturação dos folículos no ovário de uma menina, determinar o período de ovulação transformando-os em um corpo lúteo e também observar mudanças na espessura do revestimento uterino - o endométrio.

Este método de rastreamento do desenvolvimento dos folículos é bastante informativo, por isso é utilizado para diagnosticar doenças, ao planejar a gravidez em uma mulher, para determinar as causas da menstruação irregular.

Que dia faz a foliculometria?

Se uma mulher tiver um ciclo menstrual normal de 28 dias, a monitorização ultrassonográfica dos folículos deve ser realizada após o final da menstruação ou após 2-3 dias mais tarde. Se o período menstrual da menina é irregular e não há um calendário claro, o ginecologista determinará independentemente em qual dia do ciclo realizar a foliculometria.

A monitorização do ultra-som é normalmente realizada após a menstruação, porque durante o período da menstruação o folículo com um óvulo maduro quebra, em seu lugar aparece um corpo lúteo, que secreta certos hormônios. Estas substâncias ativas preparam o corpo para uma possível gravidez e também inibem a maturação de outras células germinativas.

Quando o período termina, o óvulo não fertilizado sai e o corpo lúteo é destruído, então um novo ciclo de crescimento folicular começa. É durante este período que o curso de monitorização deve começar, a foliculometria é realizada a cada 2-3 dias, o que lhe permite acompanhar a dinâmica de crescimento do endométrio e do tecido folicular.

Indicações para foliculometria

Para fazer foliculometria ou não, apenas um ginecologista pode dizer, porque esse tipo de diagnóstico é usado para diferentes propósitos:

  • determinar os limites da ovulação ao planejar a gravidez,
  • para definir a causa da menstruação irregular,
  • com disfunção ou subdesenvolvimento dos ovários para monitorar seu trabalho,
  • ao prescrever contraceptivos orais,
  • diagnosticar certas doenças do sistema reprodutivo (endometriose, multifolicularidade ou cistos nos ovários, miomas uterinos),
  • para monitorar o efeito do desequilíbrio hormonal no crescimento folicular,
  • para acompanhar os resultados do tratamento de certas doenças do sistema reprodutivo.

Se uma mulher simplesmente deseja verificar a saúde de seu sistema reprodutivo e acompanhar o desenvolvimento do tecido folicular durante todo o ciclo menstrual, ela pode consultar um ginecologista e realizar a foliculometria profilática.

Como é feita a foliculometria?

Existem duas maneiras de realizar a foliculometria:

Em um procedimento transabdominal, a paciente deve ficar deitada de costas, abrindo todo o abdômen (das costelas inferiores) até o púbis. O médico colocará na pele um gel especial para facilitar o deslizamento e começará a dirigir um transdutor de ultrassom ao longo da parede abdominal anterior.

A foliculometria vaginal envolve a introdução de um transdutor de ultrassom com um preservativo transparente fino na vagina da mulher, enquanto ela deve deitar de costas com as pernas dobradas nos joelhos.

Os resultados do exame de ultrassonografia serão vistos pelo médico no monitor, e os dados da foliculometria serão registrados em um banco de dados especial de informações, que permitirá acompanhar a dinâmica de crescimento do tecido folicular no futuro.

Custo do procedimento

O estudo da dinâmica do crescimento dos folículos não é um procedimento barato, especialmente considerando que nenhum procedimento é necessário, mas 10-14, porque a ultrassonografia deve ser feita a cada 2-3 dias após a menstruação e até o final do ciclo menstrual. O custo de um exame varia de 900 rublos a 3 mil, mas em clínicas particulares o procedimento custará mais. Como resultado, para a foliculometria completa terá que pagar de 10 a 40 mil.

O que os resultados mostrarão

O médico imediatamente vê os resultados da foliculometria na tela. No início do ciclo menstrual, há um aumento de 5-6 folículos, mas após 1-2 procedimentos pode-se ver que um folículo dominante apareceu e o restante parou de crescer. Com o passar do tempo, esse dominante aumentará de tamanho, e então ele quebrará, o óvulo sairá e a ovulação começará.

Neste caso, o folículo é transformado em um corpo amarelo. Em paralelo com a dinâmica de crescimento do folículo, o médico irá monitorar a espessura do endométrio, que deve aumentar com a abordagem da ovulação.

A foliculometria pode mostrar várias patologias de crescimento, por exemplo, folículos persistentes quando o dominante cresce, mas não liberta o óvulo, mas congela. O ultra-som pode determinar a presença de multifolicoses e cistos ovarianos, mioma uterino, a ausência de folículos desenvolvidos e muito mais.

Este exame pode ser realizado durante o planejamento da gravidez, porque permitirá determinar com precisão o escopo da ovulação e também mostrar quantos folículos podem potencialmente liberar óvulos, porque há mais de um dominante.

Pin
Send
Share
Send
Send